Novas espécies de Hemicordata

Até recentemente o filo dos hemicordados incluía 120 espécies (Zhang, 2011, Zootaxa 3148: 7–12), a vasta maioria da da plataforma continental.  Juntamente com os equinodermes, trata-se do filo mais perto dos cordados.

Usando ROVs (veículos operados por via remota), biólogos marinhos têm melhorado o nosso conhecimento dos oceanos marinhos, incluindo o seu biota. Estes permitem tirar fotos, vídeos e recolha de algumas amostras, o que permite identificar novas espécies e estudar um pouco o seu comportamento e ecologia. Usando esta tecnologia, após observar vídeos recolhidos  nos últimos 23 anos, Osborn et al. (2012) identificaram nove, talvez tantas como 16 novas espécies de hemicordados, suplicando o número deste filo conhecido no oceano profundo, e ergueram uma nova família.

Figura de Osborn 2012. A maior das espécies não têm ainda nome.

Figura de Osborn 2012. A maior das espécies não têm ainda nome.

Osborn, K.J., Kuhnz, L.A., Priede, I.G., Urata, M., Gebruk, A.V., and Holland, N.D. (2011). Diversification of acorn worms (Hemichordata, Enteropneusta) revealed in the deep sea . Proceedings of the Royal Society – B, November 16, 2011; doi:10.1098/rspb.2011.1916
[Este artigo faz parte de uma série dedicada à biodiversidade e descoberta de novas espécies.]
Publicado por André Levy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s