Nova espécie de peixe de caverna cego

Uma das evidências de evolução invocadas por Charles Darwin na Origem das Espécies foi a presença de órgãos vestigiais. Como a designação indica, estes órgãos são meros vestígios de órgãos homólogos totalmente desenvolvidos. É o caso de esboços de membros posteriores nos embriões de golfinho (que não possuem barbatanas posteriores em adulto) ou olhos reduzidos e não-funcionais em várias espécies que habitam em cavernas escuras. A presença destes órgãos não é compreensível à luz de uma adaptação perfeita decorrente de criação individual de cada espécie. Porém, se tais espécies forem entendidas como descendentes de espécies com os órgãos desenvolvimentos (e.g., olhos funcionais) a sua presença pode ser entendida como resquício histórico, sua degeneração como libertando recursos ao longo do desenvolvimento para outros tecidos.

O Centro para Pesquisa de Conhecimento, Ciência e Cultura Indígena (CRIKSC) do estado de Kerala, no Sul da Índia, edita um revista chamada SAMAGRA (que significa ‘inteiro’ em Malaiala, língua falada no Kerala, e uma das 22 línguas oficiais da Índia, falada por 30 milhões de pessoas). Na sua última edição, K.K. Subash Babu descreve uma nova espécie de peixe-gato, Horaglanis abdulkalami,  encontrado num poço profundo em Kerala. O nome é uma homenagem a Abdul Kalam, 11º Presidente da Índia.

Esta é a terceira espécie encontrada do género Horaglanis. Todas têm olhos vestigiais e a cor vermelho-sangue devido à elevada vascularização da superfície do corpo, possível adaptação às baixas concentrações de oxigénio nas águas subterrâneas. Este tipo de respiração cutânea é observada noutras espécies de peixe subterrâneo como o Ugitoglanis da Somália, Phereatobius do Brazil, e Silurichthys do Bornéu.

Horaglanis abdulkalami

Horaglanis abdulkalami

K. K. Subash Babu. 2012. Horaglanis abdulkalami, a new hypogean blind catfish (Siluriformes: Clariidae) from Kerala, India.  SAMAGRA 8 :51-56.
[Este artigo faz parte de uma série dedicada à biodiversidade e descoberta de novas espécies.]
Publicado por André Levy

2 responses to “Nova espécie de peixe de caverna cego

  1. Pingback: Novas espécies e celebridades | Blogue VAC

  2. Uma das evidências de evolução invocadas por Charles Darwin na Origem das Espécies foi a presença de órgãos vestigiais. Como a designação indica, estes órgãos são meros vestígios de órgãos homólogos totalmente desenvolvidos. É o caso de esboços de membros posteriores nos embriões de golfinho (que não possuem barbatanas posteriores em adulto) ou olhos reduzidos e não-funcionais em várias espécies que habitam em cavernas escuras. A presença destes órgãos não é compreensível à luz de uma adaptação perfeita decorrente de criação individual de cada espécie. Porém, se tais espécies forem entendidas como descendentes de espécies com os órgãos desenvolvimentos (e.g., olhos funcionais) a sua presença pode ser entendida como resquício histórico, sua degeneração como libertando recursos ao longo do desenvolvimento para outros tecidos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s