“É terça-feira e a Feira da Ladra…” (5): A vida de Madame Curie deu muitos romances e nós encontrámos dois


A cientista Marie Curie (Maria Sklodowska – adoptou Curie após o casamento com Pierre Curie) foi a primeira pessoa a vencer duas vezes um Prémio Nobel – Nobel da Física em 1903 e Nobel da Química em 1911. O facto, aliado às suas entusiasmantes descobertas no campo da radioactividade, transformou a investigadora nascida na Polónia num dos grandes ícones da ciência do início do séc. XX.

Uma pequena amostra disso são os dois livros peculiares que encontrámos na Feira da Ladra, duas biografias romanceadas que, dizemos nós, usam e abusam de descrições emocionais, rebuscadas, inventadas. Um estilo novelesco de cordel que abusa do sentimento certamente em detrimento de algum rigor narrativo. Um deles, Madame Curie, escrito por Eileen Bigland (1957), tem escrito assim na contra-capa: «Morreu em 1934, mas o seu nome será para sempre abençoado por médicos e doentes de todo o Mundo, como o de uma fada benfazeja». Era deste tipo de discurso que estávamos a falar.

O segundo livro que encontrámos, História Maravilhosa de Madame Curie, escrito por Gentil Marques (1942), tem mesmo uma advertência inicial: «Esta obra é um romance e não pretende ser uma biografia. Os dados históricos foram extraídos de “A vida heróica de Maria Curie” (por Eva Curie) e de crónicas e artigos de jornais e revistas”. Lá está.

Dois exemplos que são apenas a ponta do icebergue da extensa bibliografia (para todos os gostos) que se escreveu sobre Marie (e Pierre) Curie.

* Nota: A rubrica É terça-feira e a Feira da Ladra… (título deliberadamente roubado à canção de Sérgio Godinho) tem traços simples: descobrir e partilhar “pechinchas” (aviso: encontraremos livros, essencialmente) sobre ciência à venda na Feira da Ladra, em Lisboa.

Não fazemos revenda dos livros que descobrimos, mas estamos dispostos a oferecer as obras aqui apresentadas ao primeiro que se candidatar a levantá-las em mãos. Em troca apenas pedimos conteúdos originais sobre ciência (fotografias, desenhos, vídeos, textos, etc…) que servirão, também eles, de alimento para este blogue.

Os achados:
Título: História Maravilhosa de Madame Curie
Editora: Argo Editora
Autor: Gentil Marques
Data de edição: 1942
Custou na Feira da Ladra: 0,5 euros

Título: Madame Curie
Editora: Civilização Editora
Autor: Eileen Bigland (Trad.: Madalena de Castro)
Data de edição: 1957
Custou na Feira da Ladra: 0,5 euros

Publicado por Sílvio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s