Dia Darwin

Darwin em 1874, foto de Leonard Darwin

Assinala-se hoje o nascimento de Charles Robert Darwin (1809-1882). Um naturalista exímio – descreveu novas espécies actuais e fósseis, e previu a existência de um polinizador para uma orquídea com um nectário invulgarmente comprido –, um sistemata atencioso – 8 anos a compilar a taxonomia de referências dos Cirripedia (cracas) –, experimentalista paciente – 30 anos a estudar o desenvolvimento do solo e biótico em torno de uma pesada pedra circular – Darwin seria um biólogo no cânone da história apenas por estas razões. Embora não tenha sido o primeiro a propor a ideia de evolução biológica – foi precedido por Lamarck, Erasmus Darwin, Robert Chambers, entre outros –, Darwin foi o pensador que mais convincentemente expôs variados elementos a favor da evolução – paleontologia, biogeografia, anatomia comparada, órgãos vestigiais, etc – e, usando a analogia com a domesticação, avançou um mecanismo natural capaz de explicar as adaptações dos seres vivos: a selecção natural. O seu trabalho constitui a base da moderna Teoria de Evolução, uma área de activa investigação e crescente importância para diferentes áreas de actividade (e.g., saúde, economia, conservação), e fonte de inspiração para novas áreas de investigação fora da biologia (e.g., nas ciências da computação, na economia).

Sinal da importância e atractividade da vida e obra de Darwin, a exposição “A Evolução de Darwin”, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian, teve mais de 200 mil visitantes em Lisboa – a exposição da Gulbenkian com maior número de visitantes. Após a sua presença em Lisboa, esta exposição passou por várias cidades europeias, tendo regressado a Portugal, nas instalações da antiga casa da Sofia de Mello Breyner, no Porto. O plano original previa a constituição de um museu da ciência em Oeiras, mas disputas entre a FCG e a CM Oeiras estão infelizmente a por em dúvida esse futuro. [ver]
Em Portugal, a área de Biologia Evolutiva tem vindo a expandir-se, com um número crescente de investigadores e laboratórios a trabalhar na área, e um número significativo de publicações. Desde 2005, os biólogos evolutivos portugueses (trabalhando em Portugal e no estrangeiro) têm realizado encontros anuais, fomentando a formação de uma efectiva comunidade científica. Fruto deste processo, em Dezembro de 2011, fundou-se a Associação Portuguesa de Biologia Evolutiva (APBE), que tem como missões:
a) promover o conhecimento e divulgação de conhecimentos na área da Biologia Evolutiva;
b) fomentar o intercâmbio nacional e internacional no domínio da investigação e ensino na Biologia Evolutiva;
c) colaborar com quaisquer entidades, oficiais ou privadas, nacionais, estrangeiras ou internacionais, no campo das suas competências técnicas e científicas.

Publicado por André Levy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s