Os Sons da Ciência (2): Antes do 25 de Abril Zeca já difundia a ‘estrela d’alva’


Quantas vezes não se terá questionado sobre o que será esta “estrela d’alva” que tanto se canta para os mais pequenos. Os Sons da Ciência de hoje levam-nos para a resposta a essa questão. E, por estarmos às portas do 25 de Abril, não podiam contornar Zeca Afonso, que a colocou no nosso imaginário através da Canção de Embalar (Cantares de Andarilho, 1968).

Primeiro: não é uma estrela, é um planeta. Segundo: também é conhecido como estrela da manhã, estrela vespertina ou estrela do Pastor. É a primeira “estrela” a aparecer e a última a desaparecer. Terceiro: não é (mesmo) uma estrela, mas um planeta, Vénus.

«Dorme meu menino a estrela d’alva
Já a procurei e não a vi
Se ela não vier de madrugada
Outra que eu souber será p’ra ti
(…)
Perde a estrela d’alva pequenina
Se outra não vier para a render
Dorme qu’inda a noite é uma menina
Deixa-a vir também adormecer»

Publicado por Sílvio Mendes

2 responses to “Os Sons da Ciência (2): Antes do 25 de Abril Zeca já difundia a ‘estrela d’alva’

  1. Post porreiro! Parabéns pela rubrica. Até agora, dois tiros, dois melros!

  2. Olá Pedro,

    muito obrigado. E que tal uma sugestão para o terceiro tiro (terceiro melro)?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s