Dia Mundial da Terra: Cidadania pelo Verde

global-excess-52É celebrado pelas diferentes ecotecas açorianas, pelas cem mil pessoas previstas nas ruas de Washington e até Evo Morales, presidente da Bolívia, vai à Assembleia Geral das Nações Unidas por força da efeméride. Mas o que é afinal o Dia Mundial da Terra?

A sua origem remonta a 1970, altura em que o Senador norte-americano Gaylord Nelson (de São Francisco), convocou o primeiro protesto nacional contra a poluição. É, desde 1990, festejado a 22 de Abril, em homenagem a esse momento.

O Dia Mundial Terra pretende chamar a atenção para o estabelecimento de um compromisso global de construir um planeta cada vez mais seguro, saudável e limpo.
Os seus promotores e apoiantes propõem um conjunto de acções que apliquem a cidadania ambiental, em defesa de uma economia livre de carbono, baseada em energias renováveis, o compromisso individual com vista a um consumo responsável, e uma economia verde que proporcione a criação de empregos verdes.

Num artigo recentemente publicado, o portal Ambiente Online reforça a actualidade da luta:

Apesar de estar quase a celebrar o seu 40º aniversário, nunca como agora o princípios se do Dia Mundial da Terra se revelaram tão prementes e actuais. Os gelos do Árctico recuaram de 6 a 7 por cento no Inverno e de 10 a 12 por cento no Verão, nos últimos 30 anos, indica um relatório apresentado pelo Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA). Como consequência do aquecimento da atmosfera, a fusão dos gelos também acelerou as alterações climáticas, uma vez que a neve e o gelo reflectem 70 a 80 por cento da energia solar, enquanto a água a absorve.

O Painel Internacional sobre Alterações Climáticas prevê um aumento da temperatura média do ar entre 0,8°C e 2,6°C em 2050, e entre 1,4°C e 5,8°C em 2100. Na Europa meridional este aumento será particularmente pronunciado no Verão. Por outro lado, os Invernos deverão tornar-se mais húmidos, com um aumento de precipitação de 1 a 4 por cento por década, enquanto os Verões deverão tornar-se mais secos, com uma redução de cerca de 5 por cento por década. Mas já hoje em dia, em várias regiões do planeta, existem comunidades inteiras que precisam de percorrer dois a três quilómetros por dia para chegarem a uma fonte pública de água. Esta história de vida faz parte da realidade de 1,1 mil milhões de pessoas em todo o mundo que ainda não têm acesso a água potável.

Nota: Decidimos também chamar a atenção para as reflexões impostas por esta efeméride. Durante três dias, temos um banner especial do Dia Mundial da Terra. A imagem é retirada de um poster intitulado “Global Excess”, da autoria do designer Guillermo Brotons, que pode ser consultado aqui.

Saber mais: Earth Day Network

Publicado por Sílvio Mendes

One response to “Dia Mundial da Terra: Cidadania pelo Verde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s